Porto e Norte - Domus Municipalis

Porto e Norte - Domus Municipalis

R. da Cidadela 112,
5300-025 Bragança

(EN) Domus Municipalis is a unique example in the country of Romanesque civil architecture and the former libris of Bragança. In the shape of an irregular pentagon, it consists of a vaulted cistern superimposed by a large gallery with windows around it, which has been identified as the meeting place of the good men of the municipality. Much has been discussed about dating, without being certain, but it is considered that the 13th century is the probable date of construction of the upper part, the cistern may be earlier. It is also unique for the material used, the stone, which was one of the reasons for its conservation until today. In decorative terms, the remarkable sculpture of the friezes using the Romanesque imaginary should be highlighted. The interior, wide, is run by a bench along the walls and on the longer face two doors open. The windows have a smooth frame, except for seven, which are decorated with an archivolt and star-shaped ornaments. The roof, a five-water roof, was placed in the 20th century during a major restoration campaign.

(PT) A Domus Municipalis é um exemplo único no país da arquitetura civil românica e o ex-libris de Bragança. Com a forma de um pentágono irregular, é composto por uma cisterna abobadada sobreposta por uma galeria ampla com janelas em redor, que se identificou como o local de reunião dos homens-bons do concelho. Muito se tem discutido sobre a datação, sem haver certezas, mas considera-se que o séc. XIII é a data provável de construção da parte superior, podendo a cisterna ser anterior. É singular também pelo material utilizado, a pedra, que foi uma das razões da sua conservação até aos nossos dias. Em termos decorativos, de salientar a escultura notável dos frisos utilizando o imaginário românico. O interior, amplo, é corrido por uma bancada ao longo das paredes e na face de maior extensão abrem-se duas portas. As janelas têm moldura lisa, exceto sete, que são decoradas com uma arquivolta e ornatos em forma de estrela. A cobertura, um telhado de cinco águas, foi colocada no séc. XX durante uma grande campanha de restauro.